Endereço

Avenida São Pedro, 150D
Centro - CEP: 89801-300
Chapecó - Santa Catarina

Telefone

(49) 3025-1450

E-mail

contato@redesullog.com.br

blog image

Efeitos do novo coronavírus na rotina de setores e da população

A pandemia do novo coronavírus impõe mudanças na rotina de todos os setores, segmentos e da população. Autoridades determinaram confinamento de milhares de pessoas, proibiram aglomerações e permitiram, por determinado período, o funcionamento físico somente de estabelecimentos essenciais. Medidas começaram a ser flexibilizadas, mas os cuidados com higienização permaneceram.

Em meio à crise enfrentada contra a covid-19, áreas que envolvem Saúde e Logística demandaram cada vez mais atuação com atendimento aos infectados e abastecimento de locais, como hospitais, supermercados e farmácias e também serviços de entregas aos consumidores, sejam de produtos ou de alimentos.

Sem poder sair de casa, muitas pessoas ainda recorrem ao comércio eletrônico e ao delivery. Por sua vez, os setores precisam lidar com a alta procura, ajustando as operações logísticas e tentando, ao máximo, manter o funcionamento. Neste momento entra em cena o trabalho de nossos profissionais de logística para que as mercadorias cheguem aos consumidores.

A difícil tarefa é tentar lidar da melhor forma com a situação, realizando as entregas dentro do prazo e adotando principalmente medidas de higienização nos ambientes de trabalho para não colocar em risco quem está ajudando a evitar um caos ainda maior no mundo, diante do risco de desabastecimento de mercadorias essenciais e também prejuízos econômicos ao País. Muitos profissionais (pequeno, médio e grande porte) dependem da receita desse serviço para sobreviver.

Por isso, estamos acompanhando de perto todas as recomendações do Ministério da Saúde. Nos armazéns, mantemos o ambiente o mais seguro possível. Também orientamos o funcionário a usar EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), lavar regularmente as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel, principalmente por ter contato com equipamentos de uso compartilhado.

Para caminhoneiros, também é recomendável higienizar com água e sabão ou álcool os utensílios dos veículos como volante, maçanetas de portas e câmbio. O vírus pode permanecer ativo por algum tempo em superfícies metálicas, que tenham sido tocadas por pessoas infectadas.

Já ao consumidor cabe receber o produto, higienizá-lo e lavar corretamente suas mãos.

Em caso de febre, acompanhada de tosse seca ou falta de ar, procure auxílio médico. Informe se teve contato com pessoas que apresentaram os sintomas do novo coronavírus ou se viajou para locais com risco de transmissão.

x

Olá, gostaria de mais informações.

Olá, gostaria de mais informações.